18.2.08

esperei a vida toda
o que dizer quando te encontrasse
gargarejos, semitons...
e agora que está aqui
somente meus olhos...
somente meus olhos...
somente meus olhos...

Um comentário:

Helen disse...

parem
eu confesso
sou poeta
cada manhã que nasce
me nasce
uma rosa na face
parem
eu confesso
sou poeta
só meu amor é meu deus
eu sou o seu profeta
(P. Leminski)

Lindo teu jardim secreto.