20.7.06

Retalho

Retalho de papel
onde a caneta não descansa
debruçando o que sinto

mão ligeira e ofegante
correndo atrás do pensamento
e ambos sempre atrás
do coração que não é retalho

07/07/2006
10h27

Um comentário:

Dé disse...

hmmm... então tô eu aqui... inagurando os comentários sobre o "Inventário de sonhos e realidades...e outras coisas..." rs...
"Retalhos":...e assim tudo vem à tona... sentimento... papel.. caneta... palavras... posso dizer que aí tem uma breve e completa descrição de uma das minhas partes...